Secretaria de Turismo lança 10 princípios que devem guiar municípios e comunidades durante a pandemia

A Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, comandada por Vinicius Lummertz, preparou dez dicas (ou princípios) para guiar municípios e comunidades durante os desafios da crise gerada pelo novo coronavírus.

Os  10 princípios foram criados com a ajuda do pensador e do consultor Oscar Motomura. A  campanha traduz  a importância da participação de todos os cidadãos na luta contra a Covid-19.  

Preservar a vida deve ser a missão de todos, com o exercício diário da solidariedade e do companheirismo. 

A ajuda e cooperação de milhões de paulistas fazendo tudo o que estiver ao seu alcance é de valor inestimável para vencermos

Confira os dez princípios:

1. O momento é de colocar a vida em primeiro lugar. Aja no dia a dia para preservar a vida e saúde de si e todos ao seu redor. A grande prioridade do momento é de diminuir/zerar as possibilidades de contágio/disseminação do coronavirus em seu município/comunidade.

2. Participe e incentive todos ao seu redor a atuar em mutirão, com mobilização de grupos/grandes grupos atuando em rede (mesmo a partir do que fazem de casa, em quarentena) para contribuir para o processo de diminuir/zerar as possibilidades de disseminação do vírus.

3. Esteja alerta para as orientações que vêm/virão das lideranças de seu município/comunidades. Essas orientações trarão pragmatismo a tudo que os mutirões poderão fazer acontecer. Por exemplo, se a orientação for de que 100% da população deva usar máscaras no dia a dia, os mutirões deverão fazer isso efetivamente acontecer, até mobilizando todos a produzirem máscaras em casa.

4. O momento é de grande iniciativa e de ação e não de espera. Ação voluntária, criativa deverá estar no centro dos mutirões. Não espere que a ordens venham de cima para começar a agir. Use toda a sua criatividade (inclusive inteligência/engenhosidade coletiva) para transformas as orientações que virão das lideranças em soluções efetivas para conter a disseminação do vírus. Seja o tempo todo pró-soluções.

5. Supere todas as formas de egoísmo em seu dia a dia. Pense o tempo todo no bem-estar de todos, sem qualquer tipo de exclusão. Estamos em tempos de solidariedade e ajuda mútua. A ideia é que todos os membros do município/comunidade atuem no dia a dia pensando no bem comum. Dessa forma emergiremos, depois que a crise for superada, como cidades que promovem a vida – em todas as suas formas – algo essencial no Turismo pós-vírus.

6. Busque o melhor nível de harmonia no município/comunidade. Não é hora de conflitos e polarizações. Vivemos hoje tempos em que precisamos de boa vontade em tudo, até buscando o melhor relacionamento com todos na comunidade. Lembrar sempre que somos um grande organismo vivo em que todas as partes precisam atuar em perfeita harmonia com o todo (algo também essencial no turismo pós crise).

7. Atue em sua área de ação sempre pensando no todo da comunidade, como se você fosse o líder maior responsável pelo bem-estar do todo. Pense grande e tenha intenções amplas e de elevado alcance. Com intenções grandiosas e nobres, mesmo ações pequenas podem trazer excepcionais resultados. O contrário – intenções pequenas, mesmo com ações grandiosas – poderá produzir muito poucos resultados.

8. Ajude os líderes formais de seu município/comunidade a criar contextos de alta motivação, animação e participação voluntária de alto engajamento. Procure neutralizar todo tipo de pessimismo e desânimo ao seu redor. Estaremos coletivamente lidando de forma muito criativa e eficaz com os desafios que vivemos se todos estiverem em seu melhor estado, não só físico, mas principalmente mental, emocional e existencial (honrando a vida e fazendo nossas vidas terem valor e significado). Esse contexto de “todos em seu melhor estado” deverá perdurar depois da crise e ser mais um ponto de essência para o Turismo em novo nível de consciência.

9. Atue no dia a dia com humildade, mas sempre procurando ocupar todos os “espaços vazios” ao seu redor. E em vez de criticar os líderes formais de seu município/comunidade, procure ajudá-los de forma positiva e construtiva o tempo todo. Lembre-se: ninguém foi preparado para lidar com a crise que vivemos no mundo hoje. Todos precisamos de ajuda e todos podemos ajudar.

10. O momento hoje é da cultura de servir e não de mandar, de exercitar poder sobre outros. Seres humanos servindo seres humanos. Líderes servidores. Tempos de elevado nível de consciência em ação: “Faça aos outros o que gostaria que fizessem a você”. É a regra de ouro. Mas de essência para essência. E nunca de ego para ego. Mais uma vez: é tempo de egoísmo zero. Até para a construção de um turismo muito diferente depois que a crise for superada.

Um comentário em “Secretaria de Turismo lança 10 princípios que devem guiar municípios e comunidades durante a pandemia

  1. Eu acho que o uso de máscara na rua devia ser obrigado sim, o povo tem consciência e muita gente aínda está sem máscara na rua

    Curtir

Deixe uma resposta para Elisandra Cristina Pereira Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: