Parceria entre o governo do Estado e Prefeitura de Campos do Jordão garantem dois festivais no próximo ano

O tradicional Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão terá duas edições na cidade em 2021: entre os dias 2 e 31 de Janeiro e depois entre os dias 26 de junho e 2 de Agosto.  O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (16), pelo Secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, em entrevista coletiva online que reuniu também o prefeito Fred Guidoni, os diretores da OSESP Marcelo Lopes, Fabio Zannon e Arthur Nestrovski e o presidente da TV Cultura José Roberto Maluf.

O Festival acontece tradicionalmente em Julho e é um dos principais atrativos da alta temporada, que é indissociável do maior evento de música clássica do país. Com a pandemia provocada pelo novo coronavírus, a realização e melhor formato, vinha sendo discutida entre Prefeitura, Secretaria de Cultura, Osesp e governo do Estado de São Paulo, desde abril.

Ainda no início da pandemia, o Festival havia sido adiado para Agosto. Porém, diante do avanço da Covid-19 no interior do Estado e das diretrizes do Comitê de Gestão da doença em São Paulo, a solução encontrada foi realizar o festival em Janeiro, mês em que haverá maior segurança. De quebra, o Festival cria um novo atrativo em um mês de baixa temporada.

“Teremos um festival de verão, mas mantendo as características já reconhecidas pelo público em geral e pelos profissionais da música clássica. A história do festival será mantida”, afirmou o Secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão.

O prefeito de Campos do Jordão saudou a iniciativa com entusiasmo, uma vez que, com dois festivais em 2021, será uma oportunidade para impulsionar a atividade econômica da cidade.

“Teremos atividades no verão e no inverno, beneficiando a cidade, seu comércio, seus serviços e sua rede hotéis e pousadas. Como cidadão e como gestor, tenho muito a agradecer ao Governo do Estado de São Paulo, pelo carinho com Campos do Jordão. É um reconhecimento da tradição, da importância do Festival para a cultura e também para a economia local, gerando emprego e renda”, afirmou o prefeito Fred Guidoni.

O Festival de Campos do Jordão, será o primeiro evento presencial realizado pela Secretaria de Cultura, depois da Pandemia. Até o final do ano, todos os eventos serão virtuais.

“Todos os grandes eventos da secretaria deste ano, como a São Paulo Gastronomia, a Festa do Imigrante, e as viradas culturais estaduais, vão acontecer de forma on-line, por meio da plataforma Cultura em Casa. Assim, o Festival de Inverno de Campos do Jordão será o primeiro grande evento realizado presencialmente”, afirma o secretário de Cultura e Economia Criativa Sérgio Sá Leitão.

110 concertos e artistas conhecidos

Estão previstos para janeiro 110 concertos em sete diferentes palcos, com dois eixos: o clássico tradicional e o popular sinfônico.  80% deles serão gratuitos. Todos os concertos serão apresentados pela TV Cultura ou pela plataforma Cultura em Casa.

Já estão confirmados no núcleo popular sinfônico João Donato, Marcos Vale, MPB4, Diogo Nogueira, Erasmo Carlos e Roberta Sá, que se apresentarão com a Jazz Sinfônica.

Na área sinfônica, a OSESP fará três concertos (incluindo a abertura no dia 2 de Janeiro), regida por Thierry Fischer, com sinfonias de Beethoven e obras de compositores brasileiros e está sendo planejado um festival de piano com nomes da nova geração, que ainda não estiveram no país. A  Orquestra do Festival será regida pelos maestros Alexander Shelley, titular da Orquestra do Centro Nacional das Artes, no Canada e Neil Thomson, inglês radicado no Brasil e que está à frente da Filarmônica de Goiás. Já a Camerata do Festival vai trabalhar com Emmanuele Baldini, Claudio Cruz e Luis Otávio Santos.

Serão 230 bolsistas que voltarão a hospedar-se em Campos do Jordão, onde participarão de 1.600 horas de aula, com alguns dos maiores mestres do mundo.

O festival, a partir do próximo ano, contará com um novo palco: a concha acústica no Parque Ferroviário. O Parque que foi concedido para a inciativa privada está em obras e trará para a cidade um lugar privilegiado para a realização de concertos ao ar livre, com 200 metros quadrados. Essa área de multiuso receberá 20 espetáculos em Janeiro. Também estão mantidos os concertos no Espaço Cultural Dr. Além, que desde 2014, aproxima a população jordanense com a música clássica, em apresentações no cair da tarde. O Auditório Cláudio Santoro será o grande palco das grandes Orquestras e o Palácio do Governo, a exemplo do último ano terá três palcos. Também foram mantidas as apresentações de coro, na Matriz de Santa Terezinha. 80% das apresentações serão gratuitas.

Festival em Casa

Para manter acesa a tradição do Festival de Campos do Jordão,  a Rádio e TV Cultura iniciam amanhã (17) a exibição de concertos memoráveis, nos últimos 50 anos de Festival.  A programação conta com apresentações da Jazz Sinfônica, da Osesp e de artistas que passaram pelo festival.

Na rádio Cultura, os concertos serão diários, ao meio dia, de 17 de Julho a 2 de Agosto.

A TV Cultura vai exibir seis concertos – dentre eles um com Tom Jobim em apresentação inesquecível no Auditório Cláudio Santoro – aos sábados às 23h15 e domingos às 11h, a partir desta sexta (18)

No You Tube do canal, com transmissão também pela página da Prefeitura, serão exibidos 10 concertos de segunda a sexta-feira, às 19h, a partir do dia 20.

Todas as exibições estarão disponíveis no canal da Tv Cultura.

A íntegra da coletiva você acessa aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: