Nota de Esclarecimento e Alerta de FakeNews

Chegou ao nosso conhecimento, a gravação de uma conversa, entre o Deputado Federal Celso Russomanno (PP) e um empresário local, amplamente divulgada nas mídias sociais, pelo próprio empresário e, segundo consta, com autorização do referido deputado. Sobre os fatos narrados, a Prefeitura, em cumprimento aos princípios de transparência e honestidade que norteiam a atual gestão, e a fim de restabelecer a verdade, vem a público informar o quanto segue:

1️⃣ Quando o deputado fala que mandou dinheiro para implantação de UTI em Campos do Jordão, falta com a verdade. A emenda parlamentar de R$ 800 mil destinada à cidade, tem por objeto a compra de equipamentos para a maternidade e centro cirúrgico e é do ano de 2019. Vale lembrar que quando a emenda foi indicada não havia pandemia no Brasil ou no mundo. O recurso, porém, foi creditado na conta da Prefeitura em abril de 2020, onde se encontra devidamente aplicado e será utilizado na compra de equipamentos para saúde, que já foram licitados de acordo com a lei 8.666/93. (Veja documento abaixo)

2️⃣ O deputado novamente falta com a verdade e desvirtua os fatos quando afirma que se a Prefeitura tivesse montado uma UTI antes, teria mudado de fase. Ou ele desconhece as regras do Plano São Paulo e a Legislação que norteia o tema, inclusive as decisões do Supremo Tribunal Federal, ou busca politizar sua declaração com fins eleitoreiros, prática, aliás costumeira de certos políticos em período pré eleitoral. A autorização para abertura de atividades econômicas ou mudança de fases do Plano São Paulo, é feita pelo Governo do Estado, com base nos dados colhidos no Plano de Contingência e não prioriza uma cidade. A decisão é regional. Nenhuma cidade está autorizada a avançar sozinha.

3️⃣ Também falta com a verdade, quando afirma ter se reunido com o Prefeito para acertar verba para a pretensa instalação de UTI. Tal falto nunca aconteceu. Ele não foi o único deputado a enviar emendas para custeio da saúde. Nos últimos 4 anos Campos do Jordão recebeu cerca R$ 5 milhões em emendas elaboradas por outros deputados que se interessam, de fato, pelos problemas de nossa cidade.

4️⃣ A instalação de UTI em Campos do Jordão, é um grande feito, para a população. Ela se tornará realidade graças aos equipamentos enviados pelo Governo do Estado de São Paulo, sem custo para o município. A manutenção da UTI, porém, custará à Prefeitura cerca de R$ 360 mil ao mês. Valor que será rateado futuramente com as cidades vizinhas beneficiadas.

5️⃣ O custo total da saúde é de cerca de R$ 49 milhões, ao ano. 71% deste valor é pago com dinheiro próprio da Administração Municipal, graças à boa gestão financeira da Prefeitura.

6️⃣ O deputado, em 4 anos, enviou para a cidade emendas esparsas que, somadas ao dinheiro que está no Banco dão R$ 1,7 milhões, o que paga no máximo 12 dias de funcionamento da saúde no ano e não a implantação e manutenção de leitos de UTI como ele quer insinuar no áudio em questão.

7️⃣ Se formos separar, ano a ano, as emendas enviadas pelo parlamentar, entre 2016 e 2019, elas somam cerca de R$ 998 mil. Significa dizer que a verba é equivalente a R$ 249 mil ao ano. No custo total da Saúde, porém, o recurso enviado representa, anualmente, cerca de 0,5%. Isso mesmo: meio por cento.

8️⃣ Portanto, há aí uma outra mentira: a de que o dinheiro enviado seria suficiente para montar UTIs.

9️⃣ Ainda assim, a Prefeitura agradece ao deputado pelo envio do recurso, bem como aos demais parlamentares que foram ainda mais generosos com a cidade, chegando a enviar, ao todo, R$ 4.896.964,00, para a saúde de Campos do Jordão, nos últimos 4 anos. É a somatória de esforços de muitos, que produz bons resultados. Porém, a Prefeitura se vê na obrigação de informar que, ainda que tais emendas sejam importantes, elas não têm representatividade significativa no orçamento total da saúde pública de Campos do Jordão.

🔟 Cumprindo nosso propósito de transparência, reunimos, num mesmo local os documentos que comprovam a utilização dos R$ 500 mil destinados pelo deputado para a compra de equipamentos, que já estavam demonstrados no Portal de Transparência e que podem também ser visualizados aqui. Os outros R$ 498 mil eram destinadas a custeio (pagamento de pessoal e insumos). E como já dissemos, os R$ 800 mil estão aplicados na conta do Fundo Municipal de Saúde, cujo extrato também está abaixo.

1️⃣1️⃣ É lamentável que o parlamentar e o empresário, de maneira irresponsável e leviana ajam com interesses políticos partidários, quando enfrentamos uma grave crise de saúde mundial e por meio de boatos, mentiras e palavrões, insinuem desvios de recursos públicos sem fazer qualquer comprovação a respeito.
Assistimos, novamente, algo que havia ficado no passado: a invenção de mentiras e ataques pessoais que visam, unicamente, sustentar teses eleitoreiras, que tanto mal já fizeram à cidade.

1️⃣2️⃣ Lamentamos, também, ser necessário trazer a público essa nota. E só o fazemos em nome da transparência, da verdade e dos valores que sempre nortearam a atual administração, seria impossível calar, sem restabelecer a verdade. Lamentamos também que tal atitude, mal intencionada, tenha influenciado várias pessoas a compartilhar uma fake news, proliferando a mentira.

Prefeitura de Campos do Jordão


Confira os documentos:
1- Depósito de Aplicação do Recurso recebido em Abril deste ano:

Emenda Parlamentar do Deputado Celso Russomanno (Republicanos), no Valor de R$ 250 mil, do ano de 2016 que foi recebida junto com a emenda do Deputado Floriano Pesaro (PSDB), no valor de R$ 500 mil e que resultaram na compra de equipamentos para o Hospital Municipal e Unidades de Saúde, contando ainda com recursos municipais totalizando um investimento de R$ 842 mil em equipamentos.
http://camposdojordao.sp.gov.br/Arquivos_Publicacoes/Diario-Oficial/08082020-022928-emenda-2017.pdf

http://camposdojordao.sp.gov.br/Arquivos_Publicacoes/Diario-Oficial/08082020-023455-emenda-2017-2.pdf

http://camposdojordao.sp.gov.br/Arquivos_Publicacoes/Diario-Oficial/08082020-023947-emenda-2017-3.pdf

Licitação para compra de Equipamentos com emenda do Deputado Federal Celso Russomanno em 2018, no valor de R$144. 970,00 http://camposdojordao.sp.gov.br/Arquivos_Publicacoes/Diario-Oficial/08082020-115013-emenda-r-.144.970-00-1-.pdf

Licitação para compra de Equipamentos com emenda do Deputado Federal Celso Russomanno em 2018, no valor de R$105.020,00

http://camposdojordao.sp.gov.br/Arquivos_Publicacoes/Diario-Oficial/07082020-094854-emenda-r-.105.020-00-3-.pdf

Confira fotos dos equipamentos adquiridos:
http://camposdojordao.sp.gov.br/Arquivos_Publicacoes/Diario-Oficial/08082020-010644-fotos-de-equipamentos-adquiridos.pdf



Prefeitura de Campos do Jordão divulga decreto para a fase amarela do Plano São Paulo

Após cidade avançar para a fase amarela, no Plano São Paulo, prefeitura divulga novas normas para funcionamento do comércio, restaurantes, salões de beleza e academias

A Prefeitura de Campos do Jordão divulga o decreto que adequa a cidade à fase amarela do Plano São Paulo. As normas passam a valer a partir do sábado, dia 8 de Agosto.

A evolução do Vale do Paraíba no plano foi divulgada pelo Governo do Estado nesta sexta-feira. Pelas novas regras de flexibilização, bares, restaurantes, salões de beleza, academias e parques poderão a funcionar seguindo normas para evitar aglomeração de pessoas.

Também haverá mudanças nos horários de funcionamento.

Os comércios não essenciais poderão funcionar todos os dias, das 10h às 16h.

Os salões de beleza e barbearias estão autorizados a funcionar das 12h às 18h.

Bares, restaurantes e lanchonetes, só poderão funcionar das 11h às 17h

As academias e centros de ginástica terão horários diferentes, para atender aos horários dos clientes:

Segundas, quartas e sextas, das 6h às 12h. Terças e quintas, das 15h30 às 21h30. Aos sábados das 8h às 14h e domingos permanecerão fechadas.

Para cada atividade, a Prefeitura editou protocolos específicos, que estão no Decreto nº 8.155, de 7 de agosto de 2020.

Os estabelecimentos autorizados a abrir terão que preencher o termo de adesão que está disponível no site, em até cinco dias:

Acesse o decreto aqui

Acesse ao termo aqui:

Campos do Jordão confirma mais duas mortes por Covid-19 e uma morte suspeita

Mais 10 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus. Agora são 522 pessoas contaminadas, 15 óbitos confirmados e 3 óbitos suspeitos.

Nesta sexta-feira (7) o Boletim Epidemiológico registra mais mortes para a Covid-19.

Uma delas é de uma senhora que faleceu no dia 31 de Julho, cujo resultado do exame era aguardado.  A outra morte confirmada é de mais um interno do Asilo Santa Cruz, de 90 anos, que estava hospitalizado no Complexo Municipal de Saúde.  Também foi registrado mais um óbito de um senhor de 49 anos, que estava hospitalizado com suspeita da doença e que aguarda resultado do exame.

A Prefeitura lamenta e se solidariza com as famílias por mais estas perdas.

Os novos casos são 5 mulheres e 5 homens. 3 estão hospitalizados e 7 em isolamento domiciliar.

O número de casos hospitalizados, porém, se mantém estável. São 12 pessoas internadas, sendo 4 em UTIs.

São agora 359 pacientes que se recuperaram da Covid-19 e  houve um grande incremento no número de casos descartados. Agora são 2.264 resultados negativos: 183 a mais que ontem.

Governo do Estado de São Paulo avança o Vale do Paraíba para a Fase Amarela

Bares, restaurantes, lanchonetes podem ser abertos a partir do dia 8 de Agosto, durante 6 horas e com ocupação de 40% até 17h. Ocupação no comércio também aumenta, com abertura diária por 6 horas. Salões de Beleza, Academias e Parques, também voltam a funcionar por período determinado.

Bares e restaurantes, salões de beleza e academias, em todo o Vale do Paraíba, poderão funcionar também presencialmente, a partir deste sábado, dia 8 de Agosto.

O Vale do Paraíba – bem como outras 8 regiões do Estado de São Paulo – passou para a terceira fase, a amarela, do plano de retomada gradual da atividade econômica.

Com a mudança de fase, o funcionamento presencial de quase todas as atividades econômicas estará liberado, porém limitados a 40% de ocupação e 6 horas diárias. Para as academias, a capacidade é de 30%.

O anúncio foi feito nesta sexta, 7 de agosto, pelo Governo do Estado de São Paulo em entrevista coletiva. Cumprindo o que determina o Plano São Paulo, o horário de funcionamento dos restaurantes não poderá ultrapassar as 17h. O horário de funcionamento será definido em Decreto que será publicado ainda hoje.

“A partir da reclassificação do Vale do Paraíba, pelo governo do Estado, em Campos do Jordão estes estabelecimentos também poderão abrir e incluiremos, na cidade, os parques. Os protocolos de funcionamento para os novos setores já foram elaborados pelo Comitê de Gestão Estratégica e pelas Secretarias Municipais de Saúde e Turismo. As novas regras deverão ser editadas ainda hoje, junto com o Decreto Municipal que irá definir os horários de funcionamento”, afirmou o prefeito Fred Guidoni.

Melhora nos indicadores

Ainda que Campos do Jordão esteja apresentando um crescimento no número de casos, também há uma melhora nos indicadores, com o aumento de pessoas curadas e diminuição de pessoas hospitalizadas. O Governo do Estado também investiu em mais leitos e respiradores para as UTIs na região e a ocupação hospitalar também baixou.

Outro ponto que cabe destaque é o aumento substancial no número de exames feitos na cidade.

Campos do Jordão já realizou quase três mil testes e exames para detecção da Covid-19.  Significa dizer que quase 6% da população já foi testada. Se por um lado, mais testes implicam em mais casos, por outro, a cidade tem um controle melhor da contaminação.

De acordo com o boletim divulgado hoje, a ocupação dos leitos das unidades de terapia intensiva está em 60%. Na última avaliação feita pelo governo estadual, o nível de ocupação era de 72%. Este fator foi decisivo na mudança de fase, já que o plano São Paulo prevê que a nova fase de flexibilização só poderia acontecer, caso o uso das UTIs esteja abaixo de 70%.

Protocolo para reabertura

As associações que congregam o setor de Bares e Restaurantes enviaram ao Comitê de Gestão Estratégica proposta com os protocolos de segurança para a reabertura. O documento já foi avaliado pelo comitê, que também definiu os protocolos para o funcionamento de salões de beleza, academias e parques.

Entre as normas propostas para os Restaurantes, além do distanciamento entre as mesas de 2 metros e 1 metro de cada cadeira, também há a recomendação de que os administradores tenham atenção à saúde dos funcionários para evitar que as pessoas trabalhem doentes. O documento, que deverá ser editado ainda hoje, vai prever a adoção de escala para que funcionários que tiverem filhos sejam menos prejudicados com a volta às atividades em um momento que as escolas e creches permanecem fechadas.

Com a cidade mudando de fase, o Comércio não essencial, passará a funcionar, todos os dias por seis horas. Também haverá aumento na capacidade de atendimento que passa de 20% para 40%.

Para as academias, o funcionamento é também de 6 horas consecutivas, mas a ocupação passa para 30%.

O prefeito Fred Guidoni salienta que a abertura dos estabelecimentos não é um convite para aglomerações e também não é um relaxamento da quarentena. “A quarentena continua e pedimos às pessoas que puderem, continuem em casa e que saiam às ruas somente quando necessário e que usem máscaras. Também é importante respeitar os horários, para que de forma segura, precisa, continuemos a avançar. Temos ainda duas fases pela frente e precisamos nos esforçar para não voltar para a fase laranja, ou vermelha, como já aconteceu com outras regiões, onde tudo foi aberto e tiveram que ter um lockdown mais severo”, afirma o Prefeito.

Retomadas das Aulas Presenciais

A coletiva também trouxe a informação de que as aulas presenciais só serão retomadas no dia 7 de outubro, a depender ainda da evolução da pandemia. O Reforço Escolar será possível a partir do dia 8 de setembro, porém somente para as cidades que estejam há 28 dias na fase amarela, o que não é o caso de Campos do Jordão.

“O retorno escolar é importante não apenas para o conteúdo dos ensinamentos, mas também por uma questão social e de segurança alimentar. Mas só iremos retomar quando for absolutamente seguro para os alunos, professores e demais trabalhadores da Educação”, disse o prefeito.

A Secretaria de Educação já está se preparando para a compra de EPIs para os funcionários e alunos, quando for seguro voltar com as aulas presenciais.

Campos do Jordão ultrapassa os 500 casos de Covid-19

Mais 27 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus. Agora são 512 pessoas contaminadas, 13 óbitos confirmados e 3 óbitos  suspeitos.

No dia 1 de Julho, Campos do Jordão contava com 156 casos confirmados para Covid. Uma semana depois, no dia 8, ultrapassou os 200 casos e foi para 205. No dia 20, após 12 dias, a cidade chegou a 304 casos. Depois, em 9 dias, confirmou mais 102 casos, totalizando 406 pessoas contaminadas na cidade. Agora, 8 dias depois, Campos do Jordão tem mais 106 contaminadas e ultrapassa os 500 casos positivos para a doença: São 512 pessoas, até o momento, que contraíram o novo coronavírus na cidade.

Desde o mês de Junho, o número de testes se mantém constante. Campos do Jordão é uma das cidades que mais testa na região, porém, mesmo com a localização dos casos e o isolamento dos contaminados, os casos continuam a crescer.

A Prefeitura reforça que é preciso continuar com os cuidados, não sair de casa sem necessidade e, se o fizer, usar máscaras.

Novos Casos

Os novos 27 casos são 10 mulheres e 17 homens.  24 dos novos infectados têm idades entre 17 e 48 anos, confirmando, mais uma vez, a tendência de contaminação entre os mais jovens e trabalhadores. Há apenas um idoso, que está hospitalizado. Todos os demais estão em isolamento domiciliar.

Nesta quinta-feira (6), o número de pessoas hospitalizadas diminuiu. São 12 pessoas internadas e apenas 3 em UTI.

Mais uma idosa, de 63 anos, teve alta da UTI e continua sua recuperação no Asilo da Fundação Santa Cruz.

São agora 351 pacientes que se recuperaram da Covid-19 e 2081 pacientes que passaram por exame e tiveram a doença descartada.

Outros 229 pacientes estão em isolamento domiciliar.

Confira a evolução dos casos
Em gráficos, a Prefeitura de Campos do Jordão demonstra a evolução de casos, dia a dia. Acesse os gráficos em: https://bit.ly/covidcamposdojordao

Para saber os dados da região, acesse: https://ciis.fmrp.usp.br/covid19/monitoramento-codivap/

Cemitério Santa Teresinha terá visitação limitada no Dia dos Pais

A entrada no Cemitério Santa Terezinha, em Campos do Jordão, será limitada no próximo final de semana, como parte das medidas de prevenção à propagação da Covid-19.

Agentes da Guarda Civil Municipal e da Secretaria de Serviços Urbanos vão organizar e orientar a entrada no sábado, dia 8, quando já acontece grande movimentação e no domingo, dia 9.

Depois do dia de Finados e do Dia das mães o domingo do Dia dos Pais é outra data de grande visitação ao local.

A Prefeitura solicita aos cidadãos que façam a visita na sexta ou depois do dia 9,  para contribuir com o menor volume de pessoas no final de semana.

O acesso ao cemitério deverá ser feito obrigatoriamente com uso de máscara. Será permitida a entrada de um número reduzido de pessoas para evitar aglomerações.

O tempo de permanência também será monitorado e pede-se que ao encerrar a visita, os cidadãos retornem para suas casas sem gerar aglomeração na entrada ou nos arredores do cemitério.

A Guarda Municipal também estará monitorando a movimentação de vendedores ambulantes, cujo comércio está proibido na cidade em razão da pandemia.

O cemitério municipal Santa Teresinha está localizado na Rua Américo Richieri, número 171 no bairro Vila Sodipe e estará aberto para visitação nesta sexta, sábado e domingo das 8h00 às 17h00.

Todos os cuidados são necessários para vencermos a luta contra o novo coronavírus.

Campos do Jordão registra mais duas mortes para Covid-19. Outro óbito está sendo investigado

No Boletim Epidemiológico de hoje, em 24 horas, Campos do Jordão confirmou mais 29 pessoas contaminadas com o novo coronavírus. Agora são 485 pessoas infectadas. Foram também registrados mais dois óbitos, um na tarde do dia 4 e outro na manhã de hoje.

Com os novos números, a cidade totaliza até o momento 13 mortes e investiga outros 3 óbitos aguardam o resultado de exame.

Um óbito confirmado e um suspeito, são internos do Asilo mantido pela Fundação Santa Cruz. O óbito confirmado é de um idoso de 78 anos, que estava internado na UTI em São José dos Campos, onde faleceu. O óbito suspeito é de um senhor de 96 anos, que estava em isolamento no próprio asilo. Ele já tinha testado negativo, para a doença, mas como estava com um quadro gripal, de menor gravidade, fez novo exame e aguardava resultado, mantendo-se em isolamento na própria unidade.

O outro óbito registrado é de uma senhora, de 73 anos, moradora da área central. Ela esteve internada em UTI, com a doença, mas havia se recuperado e teve alta há mais de um mês. Porém, veio a falecer por complicações da Covid-19, segundo o atestado de óbito.

A Prefeitura lamenta e se solidariza com os familiares, a quem presta os seus sentimentos.

Novos casos

Os 29 casos registrados hoje são 22 mulheres e 7 homens. 8 são idosos, sendo 5 do Asilo da Fundação Santa Cruz, que constavam, no informe epidemiológico de ontem, como tendo suspeita da doença.

Dentre os novos casos, três estão hospitalizados, sendo dois em UTI.

Mais 9 pessoas estão recuperadas da doença, totalizando 339 pacientes curados.

O número de pessoas hospitalizadas diminuiu. Hoje são 13 pacientes, sendo que cinco estão em UTIs em cidades do Vale do Paraíba. Os demais estão no Complexo Municipal de Saúde.

Os casos onde a doença foi descartada também cresceu. Agora são 2026 pessoas.

Outros 216 estão com suspeita da doença, sendo que 212 estão em isolamento domiciliar sendo acompanhados pelas equipes municipais de saúde e aguardando o melhor dia para fazer o exame.

Casos no Asilo Santa Cruz

Com os novos números, a instituição soma 34 pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, com 5 óbitos confirmados para a doença. Segue em investigação mais um óbito.

O Número de suspeitos baixou para 5, naquela instituição. Dos 14 pacientes com suspeita da doença, em 3 deles a Covid-19 foi descartada; 5 tiveram resultado positivo e 6 aguardam o resultado de exame.

Quatro internos da instituição permanecem hospitalizados, sendo dois, em UTI. Os demais estão em isolamento.

Hoje, uma idosa de 63 anos, também interna da instituição teve alta do Complexo Municipal de Saúde e continua a recuperação em isolamento.  

O trabalho de monitoramento e acompanhamento na instituição e nas demais que abrigam idosos, continua diariamente pela equipe médica municipal. A Fundação Santa Cruz é uma entidade beneficente ligada à Igreja Católica, que mantém na cidade um asilo e uma creche. O asilo abriga 92 internos com idades acima de 60 anos oriundos de diversos locais do país, dentre eles religiosos. A instituição conta com 46 funcionários que também estão sendo monitorados.

Confira a evolução dos casos
Em gráficos, a Prefeitura de Campos do Jordão demonstra a evolução de casos, dia a dia. Acesse os gráficos em: https://bit.ly/covidcamposdojordao

Para saber os dados da região, acesse: https://ciis.fmrp.usp.br/covid19/monitoramento-codivap/

Campos do Jordão registra mais 8 casos de Covid-19. Agora são 456 casos positivos

A Secretaria Municipal de Saúde informa mais 8 casos positivos do novo Coronavírus em Campos do Jordão. São mais 4 homens e 4 mulheres. Apenas um idoso. Os demais casos são de pessoas com idades entre 18 e 49 anos, o que reforça a tendência dos casos de contaminação em pessoas mais jovens.

Um dos novos contaminados está hospitalizado. Os demais em isolamento domiciliar. A cidade continua com 11 óbitos confirmados e 2 suspeitos, que aguardam o resultado de exames. Ao todo são 456 pessoas contaminadas pelo novo coronavírus.

O número de hospitalizados caiu. Agora são 16. A boa notícia é que três idosos do Asilo mantido pela Fundação Santa Cruz tiveram alta hospitalar, dentre eles uma senhora que estava hospitalizada em UTI a quase um mês.

Dentre os 16 hospitalizados, cinco estão em UTIs no Vale do Paraíba.

A ocupação de leitos, no Vale do Paraíba caiu, mas continua acima de 80% de leitos ocupados.

Em Campos do Jordão, mais 28 pacientes estão curados. Agora são 330 pessoas que superaram a doença e 1.943 pacientes que tiveram a doença descartada.

Mais 8 pessoas estão com suspeita da doença. Agora são 252 pacientes e seus familiares em isolamento domiciliar aguardando o melhor dia para exame. Ao todo, a cidade registar 258 casos suspeitos para Covid-19

Casos no Asilo Santa Cruz

Há 14 suspeitos aguardando resultado de exames. Em um idoso, que figurava como suspeito, a doença foi descartada. Ao todo são 29 pacientes confirmados com Covid-19 naquela instituição. A maioria está em isolamento domiciliar, mas cinco, porém, permanecem hospitalizados, sendo dois, em UTI.

O trabalho de monitoramento e acompanhamento na instituição continua diariamente pela equipe médica. A Fundação Santa Cruz é uma entidade beneficente ligada à Igreja Católica, que mantém na cidade um asilo e uma creche. O asilo abriga 92 internos com idades acima de 60 anos oriundos de diversos locais e 46 funcionários.

Confira a evolução dos casos
Em gráficos, a Prefeitura de Campos do Jordão demonstra a evolução de casos, dia a dia. Acesse os gráficos em: https://bit.ly/covidcamposdojordao

Para saber os dados da região, acesse: https://ciis.fmrp.usp.br/covid19/monitoramento-codivap/

Prefeitura intensifica fiscalização

A quarentena e o trabalho de prevenção contra a disseminação do novo coronavírus continuam. No último final de semana, quando o comércio não essencial não podia abrir, a Prefeitura de Campos do Jordão intensificou a fiscalização. A medida atende à Lei 4033/2020 que estabelece regras para a fiscalização prevendo um rito, que enseja um processo administrativo de cassação de alvará de funcionando e multa. 

Campos do Jordão está na fase Laranja do Plano São Paulo. Desde o início da pandemia, a Prefeitura vem fazendo ações de fiscalização para garantir o isolamento social e a saúde da população.

Já foram lavradas 272 multas. 13 estabelecimentos foram fechados. E neste fim de semana,  foram 12 estabelecimentos multados e 2 comércios e 1 restaurantes fechados. As multas variam de R$ 50,00 a R$ 5.000,00. Na reincidência, o valor dobra. Com isso, já há estabelecimentos multados em mais de R$ 30 mil. 

Todos os dias, as equipes da fiscalização, visitam presencialmente os estabelecimentos, que chegam a receber os fiscais mais de uma vez por semana. As visitas contínuas servem também como orientação do funcionamento, em tempo de pandemia.

Quando há necessidade de fechamento, as ações são acompanhadas pela Guarda Municipal que também recebe denúncias, pelo 153.

Os profissionais da Guarda Municipal continuam a fazer o patrulhamento preventivo em toda extensão de nossa cidade, visando a proteção dos bens, serviços e instalações, bem como a preservação da vida, em todas as instalações públicas, como escolas e unidades de saúde.

O trabalho também ocorre de forma integrada com as Polícias Militar e Civil de Campos do Jordão.

Em 2020 a GCMCJ já soma mais de 8.500 apoios escolares, 17.000 apoios em instalações públicas, 5.000 posicionamentos, entre outros números, visando a prevenção primária e colaborando na redução dos índices criminais de nossa cidade.

Sarampo: Postos de Saúde realizam vacinação de adultos de 30 a 49 anos

Até o dia 31 de Agosto quem tem entre 30 e 49 anos deve tomar vacina contra o Sarampo, independente de imunizações anteriores.

A vacina está disponível nas unidades de Estratégia de Saúde da Família, mas deve ser feito agendamento, para evitar aglomerações. A vacina não é indicada para mulheres grávidas. Veja no quadro abaixo os telefones dos Postos de Saúde.

A principal medida de prevenção e controle do sarampo é a vacinação, disponível durante todo o ano na rotina de vacinação dos serviços de saúde municipais. Em 2016, a doença havia sido considerada erradicada no país, porém reapareceu dois anos depois. Neste ano, já foram registrados mais de 5 mil casos em 21 Estados. Em 11, incluindo São Paulo, ainda há o vírus ativo. São 5 mortes de crianças para a doença.

Em Campos do Jordão, neste ano, não foi registrado nenhum caso de Sarampo. Mas no ano passado foram 4 casos da doença.

Além da vacinação para esta faixa etária prioritária, em Campos do Jordão, as equipes de saúde também farão vacinação seletiva, para quem tem menos de 30 anos e que não esteja em dia com a vacinação. Para isso, também é necessário agendar.

As crianças de 06 meses a menores de 06 anos devem procurar a Sala de Vacina de segunda a sexta-feira das 8hs as 16hsco, com agendamento pelo telefone 3662-6050


A Secretaria Municipal de Saúde alerta para a importância da vacinação contra o sarampo, mesmo com a pandemia da Covid-19. O sarampo é uma doença infecciosa grave, provocada por vírus e transmitida pela fala, pela tosse e pelo espirro e extremamente contagiosa. Uma pessoa infectada por transmitir a doença para até outras 18 pessoas de qualquer idade.

Confira os locais de vacinação: