Campos do Jordão tem 57 casos positivos para Covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde informou nesta sexta-feira (5) que Campos do Jordão registrou mais 13 casos de Covid-19, chegando a 57 pacientes diagnosticados.

Os novos casos já estavam em isolamento domiciliar, sendo tratados como suspeitos para a doença. Eles continuam sendo acompanhados pela secretaria de saúde, em suas casas.

Continuar lendo “Campos do Jordão tem 57 casos positivos para Covid-19”

Igrejas em Campos do Jordão assumem comportamentos diferentes de funcionamento

Pastores, padres e outros líderes religiosos se reuniram em seus grupos e tomaram decisões quanto ao modo de funcionamento de cultos e missas, para este período de flexibilização. A orientação da Prefeitura é de que, preferencialmente, os cultos e missas sejam feitos online. Mas atendendo ao Decreto presidencial, que autoriza a abertura, criou protocolos sanitários específicos para igrejas e templos religiosos, que devem ser seguidos após assinatura do termo de adesão pelas instituições. Até o momento, cerca de 30 igrejas e templos preencheram o termo de adesão.

Continuar lendo “Igrejas em Campos do Jordão assumem comportamentos diferentes de funcionamento”

Departamento de Trânsito recebe 4 motos novas

O prefeito de Campos do Jordão, Fred Guidoni entregou nesta sexta-feira (5), quatro novas motos para utilização do Departamento de Trânsito. As motocicletas 0km, do modelo Honda Bros 160 Cilindradas, estão adaptadas para o patrulhamento de trânsito, com sirene, highlight de led, entre outros equipamentos. 

Continuar lendo “Departamento de Trânsito recebe 4 motos novas”

Centro Universitário Senac e Prefeitura de Campos do Jordão lançam Cartilha para a área de hospitalidade

Material foi criado com o objetivo de auxiliar os protagonistas do município turístico a se prepararem para uma retomada responsável

Continuar lendo “Centro Universitário Senac e Prefeitura de Campos do Jordão lançam Cartilha para a área de hospitalidade”

Campos do Jordão soma 44 casos confirmados para Covid-19

Nesta quinta-feira, dia 04 de junho, a cidade de Campos do Jordão soma mais um caso positivo para Covid-19. Agora, são 44 casos. Destes, 13 estão em isolamento domiciliar, 1 está hospitalizado, 29 estão curados e 1 óbito foi confirmado pela doença.

O número de suspeitos subiu para 62, são 13 casos suspeitos a mais do que ontem. Dos casos suspeitos 59 estão em isolamento domiciliar e 03 pacientes estão internados na UTI do Hospital Regional de Taubaté. O novo paciente com suspeita da doença, está hospitalizado encontra-se internado no Hospital São Camilo em Campos do Jordão.

Hoje a cidade soma também mais 7 casos descartados para Covid-19, totalizando 315 exames negativos.

Neste quarto dia de flexibilização das atividades econômicas, o movimento no centro comercial mostrou-se mais uma vez de pessoas que demonstraram consciência com as normas sanitárias. Quem precisou sair de casa usou máscara e respeitou o distanciamento nas filas.

A orientação das autoridades de saúde é para que, quem puder, fique em casa e se precisar sair, use máscara a todo instante.

Campos do Jordão tem uma das menores taxas de letalidade por Covid-19 no país

O trabalho realizado em Campos do Jordão, no controle da pandemia provocada pelo novo coronavírus, revela números que dão esperança para a cidade, que vive do turismo, poder continuar em sua meta de abertura moderada e responsável, com controle de contaminação.

Com 44 casos positivos – o primeiro com exame colhido em 17 de março – a cidade tem 1 óbito registrado para a doença e apenas 1 paciente com a doença internado.

De acordo com a Vigilância em Saúde, os dados apontam uma taxa de letalidade* de 2,27%, enquanto o mesmo índice no Brasil é de 5,6%.

No Brasil, a mortalidade** pela doença é de 15,5 pessoas por 100 mil habitantes. Enquanto em Campos do Jordão, este número cai para 1,9 por 100 mil habitantes.

O dado revela-se ainda mais positivo, porque a cidade realiza quase o dobro de testes que o restante do país.

Foram testadas na cidade 400 pessoas, o que equivale dizer que Campos tem 7.692 testes por milhão. O Brasil testa apenas 4.100/milhão e o Estado de São Paulo 4.444/milhão.

Este número tende agora a ficar ainda mais consistente, porque com mais exames sendo feitos, a meta é chegar a testar todos os casos suspeitos e pacientes assintomáticos, o que vai permitir que novas estratégias sejam adotadas.

A taxa de contaminação está em torno de 1. Ou seja, cada caso contamina um outro. A meta é que a taxa de contaminação diminua para menos de 1.

Diferencial de Campos do Jordão está no controle dos casos e no isolamento social

Porém, para as autoridades de saúde, o grande diferencial de Campos do Jordão no controle da doença, é o controle dos casos de Síndrome Gripal.

A cidade, desde meados de março, passou a tratar todos os casos de Síndrome Gripal (aguda ou leve) como casos suspeitos para Covid-19. Com isso, todas as mais de 500 pessoas com gripe e seus familiares, foram orientadas a permanecer em quarentena por 14 dias.

A medida, agora com os testes, mostrou-se acertada: dos 29 pacientes que tiveram a doença e estão curados, 20 estavam com Síndrome Gripal e não se credenciavam para os testes do tipo PCR, que eram feitos apenas para os casos mais graves.

Acerto do Isolamento social
Além de controlar os casos na cidade, Campos do Jordão também realizou medidas importantes de isolamento social. Desde o dia 19 de março, a Prefeitura determinou o fechamento da cidade para o turismo e comércio não essencial.

A cidade realiza barreiras sanitárias nas principais entradas, nos finais de semana, medindo a temperatura e orientando para a permanência em casa e também para o uso obrigatório de máscaras.

Abertura consciente
A abertura consciente, proposta pela Prefeitura, se baseia nestes dados e nas determinações do Plano São Paulo.
A cidade continua fechada para o turismo, com parques, restaurantes e bares fechados.

O comércio foi aberto, com 20% da capacidade, durante 4 horas, para a população local. Por isso será fechado no fim de semana, evitando visitantes de um dia.
Os hotéis podem funcionar, observando 20% dos leitos. Porém tem regras que protegem funcionários e visitantes, mas permite o início das atividades, aproveitando as áreas externas do hotel.

*quantidade de óbitos por Covid-19/quantidade de pessoas infectadas
** quantidade de óbitos a cada 100 mil habitantes

Cartaz deve indicar o número de pessoas que o estabelecimento comporta

Um dos critérios de abertura de alguns setores, na retomada consciente com protocolos específicos, é a afixação no estabelecimento de quantas pessoas o local comporta, observado o critério de 20% de ocupação.
Para facilitar, a Prefeitura criou um cartaz, que pode ser impresso e fixado na entrada, com o número indicado de pessoas que podem estar ao mesmo tempo, no local.
A medida é facilitadora para o público e o empresário. Ao estabelecer claramente o critério de ocupação, evita-se transtornos.
No cartaz há também o lembrete de que é obrigatório o uso de máscaras, a utilização de álcool em gel, na entrada e saída, a proibição de contato pessoal, como aperto de mão e a manutenção da distância de dois metros.
O cartaz pode ser baixado aqui: https://bit.ly/2YcmZMD

Coronavírus: multa pelo descumprimento de regras vai de R$ 200 a R$ 5 mil, mas na reincidência pode chegar a R$ 25 mil

A partir desta quinta-feira (4) estabelecimentos que descumprirem as regras editadas para conter a propagação da Covid-19 poderão ser multados. As multas iniciais variam de R$ 200,00 a R$ 5.000,00. Se houver reincidência, o valor pode chegar a R$ 25 mil.

A medida já estava contemplada na Lei 4.033, de 29 de maio de 2020. Com a edição do Decreto 8.130/20 publicado hoje (3), no Diário Oficial, a Prefeitura estabeleceu os critérios para aplicação das multas, tendo em vista a necessidade de maior controle neste momento de flexibilização da quarentena em diversas regiões Estado.

O documento classifica o valor das multas dependendo da gravidade, com base nos Artigos 73 e 80, da Lei 4.033 que define as infrações epidemiológicas.

Dentre as possíveis infrações, está o fato de deixar de fornecer equipamentos de proteção individual para funcionários, ou álcool em gel e local para lavar as mãos, deixar de organizar filas e distanciamento de pessoas, não usar máscaras e abrir estabelecimentos comerciais, quando não autorizados.

A multa também poderá incidir àqueles que organizem ou frequentem eventos particulares durante o período de quarentena; quem romper a barreira sanitária, ou ainda, àqueles que coagirem ou impedirem o exercício da função das equipes sanitárias. Também caberá multa para a falta de atendimento das medidas destinadas à prevenção e ao combate do novo coronavírus, como o desatendimento do protocolo de abertura e funcionamento e o uso obrigatório de máscaras.

Os valores das multas que entrarem nos cofres do município serão revertidos para o Fundo Municipal de Saúde e usados no combate à pandemia.

O objetivo fundamental da medida é o de conscientizar as pessoas da importância dos cuidados e coibir a atitude de quem, deliberadamente, coloque em risco a vida de clientes e funcionários.

“O nosso foco é a conscientização e vencer a batalha, com o menor número de mortes possível. Este é mais um passo, nesta cruzada que estamos fazendo para evitar que a nossa população adoeça”, explica o médico e secretário municipal de saúde Márcio Stievano.

Campos do Jordão mantém 43 casos positivos para Covid-19

Nesta quarta-feira, dia 3 de junho, Campos do Jordão mantém o número de 43 casos positivos para Covid-19. Não houve alteração nas últimas 24 horas.

Destes 43 casos, 29 pacientes já estão curados, 12 estão em isolamento domiciliar e 01 está hospitalizado. A cidade continua com um óbito provocado pela doença.
400 pessoas já foram testadas para o novo coronavírus. São 308 casos descartados para Covid-19, com mais 47 pacientes que receberam hoje o resultado negativo da doença.
Outros 49 aguardam o resultado do exame.

Os casos suspeitos nesta quarta-feira (3) são 49, dos quais 47 estão em isolamento domiciliar e 02 estão hospitalizados. O novo caso suspeito que está hospitalizado trata-se de um senhor de 71 anos que está na UTI do Hospital Regional em Taubaté.

Neste terceiro dia de flexibilização das atividades econômicas, o movimento no centro comercial foi de pessoas que demonstraram consciência com as normas sanitárias. As pessoas que precisaram sair de casa usavam máscaras e respeitavam o distanciamento nas filas.

Cerca de mil estabelecimentos comerciais já assinaram o termo de adesão às regras de , se comprometendo a cumprir as regras sanitárias e os horários e dias de funcionamento.

A orientação das autoridades de saúde é para que, quem puder, fique em casa e se precisar sair, use máscara a todo instante.

Campos do Jordão comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente com “lives”


A coordenadoria de educação ambiental da Secretaria do Meio Ambiente de Campos do Jordão, em parceria com a Câmara Técnica em Educação Ambiental da cidade, vai realizar no próximo dia 5 de junho,  duas Lives comemorativas ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no próprio dia 5 de junho e aos 35 anos da APA – Área de Proteção Ambiental da Serra da Mantiqueira celebrado hoje,  dia 3 de junho.

As Lives são eventos feitos no ambiente digital, ao vivo, de modo gratuito e à distância que estão sendo amplamente utilizados para manter o contato entre as pessoas no período de pandemia e garantir que os assuntos sejam discutidos com a comunidade.

Continuar lendo “Campos do Jordão comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente com “lives””