Dúvidas frequentes

1- O Celular é perigoso?  
O celular está quase o tempo todo em nossas mãos. Por isso, se você não higienizar bem as mãos e tocar o seu celular depois de tocar uma superfície contaminada, ele vai se ser contaminado. Então, é bom higienizar o cellular pelo menos 1 vez ao dia, com álcool isopropílico ou qualquer outra coisa que não danifique o aparelho.

2- Devo usar máscara?
Não adianta andar de máscara o tempo todo, já que não existem evidências de que elas controlem nenhum tipo de epidemia. O uso é indicado em três situações:

– Por pessoas com sintomas

– Pelo profissional da área da saúde

– O contactante domiciliar da pessoa doente.

3- Quanto tempo o vírus da Covid-19 sobrevive no ambiente?
Os vírus não costumam sobreviver muito tempo nos ambientes, pelo menos não de uma maneira capaz de infectar o ser humano. Produtos de limpeza simples, como água e sabão, álcool, desinfetante e água sanitária são eficazes para eliminar o vírus de superfícies.

4- Devo evitar beijos e apertos de mão?
A recomendação é evitar contatos físicos, para minimizar a transmissão de vírus respiratórios. Quem está doente, mesmo que só uma gripe,  deve evitar completamente qualquer contato.

6) Pessoas com o vírus, mas sem os sintomas, pode transmitir a doença?
Sim. Pessoas assintomáticas ou com muito poucos sintomas podem transmitir o vírus.

7) É possível ser infectado com o coronavírus mais de uma vez?
Sim e acontece também com outros vírus. As pessoas não voltam a ter a infecção, mas em testes o vírus pode ser detectado nas vias respiratórias. Algumas pessoas excretam o vírus por mais tempo, principalmente as que têm algum problema de imunidade. Outra coisa que é importante a gente saber é que, quando fazemos o teste para saber se há a existência do vírus no corpo de alguém, existe uma diferença entre detectar o vírus, ou seja, identificar o RNA do vírus, e esse vírus ser infectante. Às vezes, ele é detectado, mas não é um vírus capaz de infectar outras pessoas, não é transmissível. Quando nas vias aéreas, esse vírus é infectante.

8) Em algum momento a população vai desenvolver imunidade ao coronavírus?
Com certeza, podemos desenvolver algum tipo de imunidade, já que as pessoas vão se infectando e criando anticorpos, o sistema imunológico vai reconhecer aquele vírus e criar anticorpos contra ele. Essa imunidade pode ser duradoura, a ponto de permitir que uma pessoa não tenha mais a doença, ou pode simplesmente modificar a característica dessa doença, ficando mais leve e menos letal.

9) Existe algum remédio para tratar o novo coronavírus?
Alguns experimentos com retrovirais, usados no tratamento do HIV e do ebola, e algumas medicações para a malária, mostram que talvez eles tenham algum efeito contra o coronavírus, mas isso é muito inicial e ainda não está previsto ainda o uso dessas medicações.

10) Como proteger as pessoas idosas da Covid-19?
Os idosos são o grupo de maior risco, por isso os cuidados têm que ser intensificados. Não visite o idoso se estiver com tosse e nariz escorrendo, mesmo que não tenha febre. Se você vive na mesma casa, intensifique a higienização das mãos e use máscara para proteger quem você mais ama.

11) Bichos de estimação podem transmitir o coronavírus?
Não existe nenhum relato de transmissão de animal para ser humano. Não transmitem e também não se infectam com a Covid-19.

12) As crianças podem brincar na rua? Qual é o risco?
As atividades ao ar livre são as mais indicadas, mas a orientação é de que isso ocorra em horários com pouca gente.

13) Qual é o risco de eu pegar o coronavírus num taxi se o passageiro anterior estiver infectado?
A orientação principal neste momento é que motoristas mantenham os vidros abertos e higienizem o veículo

14) Posso visitar meus amigos?
Não é recomendado reuniões e aglomerações. Se alguém estiver com sintomas, não vá.

15) Como deve agir quem está se tratando em casa?
A pessoa não pode sair de casa, nem ter contato com outras pessoas, mesmo na residência. E não deve compartilhar talher ou copo com ninguém.

16) Há como reforçar o sistema imunológico?
Não existe nenhuma evidência científica de que podemos reforçar nossa imunidade. Ela pode baixar por qualquer motivo, como estresse, muito trabalho ou noites mal dormidas. Por isso, a importância de uma vida saudável, boas noites de sono e evitar estresse pode ajudar muito.

17) Qual a distância segura de uma pessoa e outra em locais públicos?
A distância segura é sempre de 1,5 metro a 2 metros. Quando a gente fala, tosse ou espirra, as gotículas que saem da boca da gente caminham até essa distância, depois se depositam, pois elas são pesadas.

Fonte: g1.globo.com

%d blogueiros gostam disto: